André Mariano participa do curso da IJF Academy para árbitros em Budapeste e conquista o primeiro lugar

...

A IJF Academy, que é o departamento acadêmico da Federação Internacional de Judô - FIJ, promoveu na semana passada dois dias de aulas práticas de judô e um dia de avaliações para os árbitros que atuaram no Grand Prix de Budapeste, na Hungria.

"A colaboração da IJF Academy com os árbitros é um grande projeto. Juntos, todos estamos nos esforçando para apresentar o nosso esporte da melhor maneira possível e este é um método para equipar nossos árbitros com habilidades e princípios extras que permanecerão com eles no tatame", enunciou o presidente da IJF, Marius Vizer.  

O nosso diretor de arbitragem, FIJ A André Mariano, foi o único brasileiro convocado pela FIJ nesta competição, participou do curso e comemorou a conquista do primeiro lugar, alcançada pelas notas de 9,0 em Nage Waza e 9,5 em Katame Waza, obtendo o certificado conferido pela IJF Academy pela conclusão do curso IJF Nage-Wazae Katame-Waza.

(André Mariano do Brasil e Vasily Smolin daRússia)

"Gostei muito do percurso, foi um desafio físico e mental! Estar no dojo por seis horas diárias é muito difícil, mas valeu a pena e foi benéfico para todos os árbitros, isso ajudou a nos aproximar", comentou André Mariano.

Na banca examinadora estavam presentes grandes nomes do judô mundial, Daniel Florin Lascau (membro da IJF Academy e Supervisor de Arbitragem da FIJ), Pasquale Chyrlia (Comissionado Secretário de Arbitragem da FIJ), Envic Galea (membro da IJF Academy), e Mark Huizinga (membro da IJF Academy e Campeão Olímpico). Cabe salientar que o Presidente da FIJ Marius Vizer e o Diretor de Arbitragem da FIJ Juan Calos Barco, estiveram presentes e assistiram toda à apresentação prática no exame do nosso árbitro André Mariano.

(Na esquerda, o Presidente da FIJ Marius Vizer,e na direita o Diretor de Arbitragem da FIJ Juan Calos Barco)

"Eu não poderia deixar de agradecer por todas as oportunidades que me são oferecidas de demonstrar os meus conhecimentos,princípios e valores para a Confederação Brasileira de Judô, em nome do Presidente Silvio Acácio Borges, e em nome do Coordenador Nacional de Arbitragem, Edison Minakawa; e agradecer a Federação Metropolitana de Judô, em nome do Presidente Luiz Gonzaga Filho” agradeceu André.


Fonte: FIJ 

Voltar